sexta-feira, 23 de julho de 2004

Nos bancos de madeira da MAC,

Espera-se que a vida se manifeste,
espera-se por um milagre,
trocam-se horas de espera por segundos de felicidade.

Cruzam-se realidades opostas,
dos que trazem no ventre o fruto da semente,
dos que esperam que a semente dê fruto.

O silêncio grita o anseio do coração,
mas não há certezas, nada de pim pam pum.
é como canta a criança no filme dos Cohen: "He´s got the hole world in His hands..."

Sem comentários: