segunda-feira, 23 de janeiro de 2006

Pertinente

"Não há mais mérito em ter lido um milhar de livros do que ter lavrado mil terrenos. (...) É um preconceito ridículo da parte do intelectual pensar que só ele é que conta. A Verdade, o Bem e o Belo não são pertença exclusiva daqueles que as melhoras escolas e universidades formam, dos que são frequentadores assíduos de bibliotecas, ou dos que já visitaram todos os museus. O artista não tem desculpa para tratar os outros com desdém. Ele está ser insensato se pensa que o seu conhecimento é mais importante que o dos outros, e um imbecil se não pode colocar as outras pessoas ao seu nível."

Somerset Maugham

1 comentário:

JOINCANTO disse...

Sabedoria, da alta...
Abraço