sábado, 13 de maio de 2006

Qual é a parte das Escrituras que "eles" ainda não perceberam?

Supostamente, o Catolicismo Romano assume-se como uma religião cristã. Assim sendo, tanto o seu código teológico normativo como a sua prática eclesiástica deviam derivar directamente da autoridade da Bíblia como revelação directa de Deus. Deixo a análise das discrepâncias à vossa leitura.


«Havendo Deus, outrora, falado muitas vezes e muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, nestes últimos dias nos falou pelo Filho a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, pelo qual também fez o universo. Ele, que é o resplendor da glória e a expressão exacta do seu Ser...assentou-se à direita da Majestade, nas alturas, tendo-se tornado tão superior aos anjos quanto herdou mais excelente nome do que eles». Epístola aos Hebreus 1:1-4.

«Porquanto há um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem, o qual a si mesmo se deu em resgate por todos» 1ª Carta a Timóteo 2:5,6.


«O meu justo viverá pela fé» Carta aos Romanos 1:17

«Pois não te comprazes em sacríficos, de contrário eu tos daria...sacrifícios agradáveis a Deus são o espírito quebrantado; coração compungido e contrito não o desprezarás, ó Deus.» Salmos 51:16,17


«Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima nos céus, nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não as adorarás, nem lhes darás culto; porque eu sou o Senhor, teu Deus...» Êxodo 20:4

4 comentários:

Huck disse...

In your face Fátima! *middlefinger*

Paulo de Tarso disse...

Olá amigo,
pelo que percebo és cristão baptista. Nem imaginas o apreço que tenho pelos cristãos não católicos e o desejo ardente da nossa unidade. Sou baptizado na Igreja católica e tive toda a educação nessa linha, muito ao estilo dos católicos portugueses com todas as vantagens e desvantagens? Na vivência desse baptismo fui-me aproximando de Deus como sabia, por diversas mediações? Fátima incluida. O Espírito Santo, que bem conheces, foi purificando de forma gradual a minha fé e esta foi-se centrando cada vez mais em Cristo, na sua Palavra de salvação. Uma entre muitas se destacou e mudou, com pujança inaudita, a minha vida: "Levantai-vos! Vamos!" Podes encontrá-la em diversos lugares na bíblia referida a curas, a ressurreições? vidas novas (!) como a minha. Aí, fui relativizando o acessório como as devoções, os lugares de culto e foi ficando só Cristo no centro. Mas tudo o resto serviu de caminho e é motivo de acção de graças. O que importa mesmo é caminhar e não deixar que qualquer espécie de barreira nos faça perder o ritmo e o rumo. Agora sonho com a unidade e espero ainda vê-la realizar-se. Este projecto constroi-se a partir da verdade que nos une e que vale bem mais que todas as diferenças: Deus é Amor, não achas? Visita o meu blog e lá encontrarás a partilha da minha oração? rezar juntos já é caminho de unidade.

Abraço amigo em Cristo Jesus

Nuno disse...

Olá Paulo de Tarso. Fico feliz por ter encontrado suficiência plena em Jesus Cristo. Creio, contudo, que os meios não justificam os fins. Não associo a obra do Espírito Santo a Fátima, nem acho que o Santuário de Fátima e o culto que lá se pratica tenha algo a ver com Deus, ou que contribua para directa ou indirectamente para a Salvação. Se o Espírito Santo efectou essa obra de regeneração em si, não foi seguramente com o auxílio da idolatria, mas somente pelo agir da Graça divina.
Eu considero-me espiritualmente unido a todos os que reconhecem em Jesus Cristo e Nele somente e exclusivamente, o poder para salvar e mediar entre Deus e Homens. Abraço Nuno

Daniela Mann disse...

Excelente Nuno!
Um abraço amigo para toda a família,
Daniela