quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Será uma questão de gostos?

A maioria dos cristãos na cultura ocidental têm problemas com a palavra exclusividade. Preferem a pluralidade. Mas, Deus é um!

5 comentários:

Scott disse...

S]o para meter...

Trindade

Daniel disse...

Desde o final do mês de Junho que fiquei sem possibilidades sem fazer nenhum artigo. Agora visto já ter Internet (ALELUIA), posso retornar a fazer o que gosto.
Desde já agradeço todas as visitas feitas ao meu blog (Biblos) e espero que retornem periodicamente.

www.danielaurelio.blogspot.com

Portucale disse...

Para mim ambas estão dentro do "vocabulário" cristão!

Nuno disse...

DT 6:4,5. "Ouve, Israel, Deus é um!". Lol, grande Scott.

David Cameira disse...

O Scott tem a sua razaõ, DEUS É TRIUNO

Mas o Nuno tocou numponto fulcral , contrariamente á retórica dos palonços liberais o q temos da parte de S Paulo é o seguinte: JESUS CRISTO É O SENHOR !!!

Ouve ao Israel, o SENHOR nosso DEUS o SENHOR é único tb deve ser enfatizado pq, hoje em dia, parece que os únicos que não tem voz nem vez na igreja são os que, profeticamente, levantam a voz em favor da EXCLUSIVIDADE dos padrões absolutos do DEUS judaico-cristão
Bem haja o Nuno