terça-feira, 6 de fevereiro de 2007

O Problema do Cristianismo saudosista

não é viver agarrado aos teólogos do passado. É pensar que a Igreja do presente se constrói com as ideias deles.

2 comentários:

Ego ipse disse...

Concordo em parte contigo, porque o passado terá sempre algum peso na construção da igreja de hoje

JOINCANTO disse...

Percebo bem o que queres dizer com "cristianismo saudosista". Se é verdade que devemos viver o presente sem estarmos permanentemente agarrados ao passado, também é verdade que não existe construção do presente sem o passado. A igreja do presente existe por causa da história passada.

Penso que os (bons) "teólogos do passado" ajudam-nos a construir um presente e um futuro melhores. Tenho aprendido nos últimos da minha vida, que é um erro grave negar ou romper completamente com a “nossa” história.

Abraços.